texas-moody

Blog

knight-center-journalism

MOOC de sucesso sobre jornalismo empreendedor termina após alcançar 5.500 alunos e já está disponível como curso autodirigido

Quase 5.500 estudantes de 59 países aproveitaram a oportunidade para aprender como iniciar e manter seus próprios empreendimentos jornalísticos em um curso online gratuito do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, Ajor e SembraMedia.

O curso “Jornalismo empreendedor: Como monetizar e promover meios digitais sustentáveis” se encerrou em 15 de maio de 2022, após quatro semanas de aprendizado sobre startups de notícias e seus desafios para se tornarem sustentáveis. O curso, oferecido gratuitamente graças ao generoso apoio da Climate and Land Use Alliance (CLUA) e da Google News Initiative (GNI), foi oferecido em espanhol e português.

Agora está disponível como um curso autodirigido em espanhol português, e pode ser feito a qualquer momento por meio da plataforma de aprendizado online JournalismCourses.org.

Jornalismo Empreendedor curso autodirigido

Durante o MOOC, os alunos aprenderam como criar ou melhorar modelos de negócios sustentáveis, como entender melhor seus públicos, como desenvolver e diversificar fluxos de receita, como criar uma base sólida para o futuro de seus projetos e muito mais.

“Acreditamos que o grande interesse por este curso tem a ver com o fato de que, nos últimos anos, a indústria deu origem a uma conversa que temos na SembraMedia há mais de seis anos: é fundamental encontrar formas que permitam ao jornalismo ser apoiado e, ao mesmo tempo, garantir sua independência”, disse Sofía Alvarez, diretora de educação da SembraMedia.

“A única maneira de conseguir isso é entender quais modelos existem, quais recursos as equipes precisam e quais são as experiências de outros meios com as quais podemos aprender.”

As principais instrutoras do curso foram Janine Warner e Mijal Iastrebner, co-fundadoras e diretoras-executivas da SembraMedia, organização que ajuda meios digitais independentes a desenvolver modelos de negócios sustentáveis. Para o curso de português, eas foram auxiliadas por Marcelo Fontoura, professor de jornalismo digital e de dados que fez extensa pesquisa sobre organizações de mídia digital.

Os instrutores da SembraMedia Abraham Torres, James Breiner, Sebastián Auyanet, Miguel Loor, Naimid Cirelli e Natalie Van Hoozer também contribuíram para o curso compartilhando suas experiências e conhecimentos sobre jornalismo empreendedor.

Alvarez disse que durante o curso, a equipe da SembraMedia pôde confirmar as preocupações e desafios que havia identificado em pesquisas anteriores. Empreendedores expressaram preocupação com financiamento, altos níveis de concorrência e compreensão do público.

“Neste sentido, este curso teve um valor diferencial: compartilhar informações, baseadas em evidências, sobre as diferentes fontes de renda que um meio de comunicação pode acessar ou criar; enfatizar a proposta de valor para se destacar em um mercado competitivo; e concentrar o foco na seleção estratégica de KPIs [sigla em inglês para Indicadores-Chave de Desempenho] de acordo com cada projeto”, disse.

Mariela Teresita Díaz Romero

Mariela Teresita Díaz Romero, fundadora da Letra Consagrada (Foto: Cortesia)

Alguns alunos aproveitaram a oportunidade para trabalhar em projetos próprios de jornalismo empreendedor existentes ou em desenvolvimento durante o curso.

A jornalista venezuelana Mariela Teresita Díaz Romero trabalhou no plano de negócios de seu projeto de jornalismo literário, Letra Consagrada.

“A coisa mais importante que aprendi é uma visão ampliada do jornalismo empreendedor – que é possível (não é fácil, mas não impossível)”, disse ela. “Várias ideias para encontrar uma forma de financiamento, medos e limitações pessoais também foram esclarecidas.”

Boris Weimar Míguez Ríos, de Uyuni, Bolívia, analisou a sustentabilidade para a Radio Cabina365, um projeto que iniciou em 2020 durante a pandemia do COVID-19.

“[Neste curso,] aprendi de tudo, mas principalmente como rentabilizar! Na verdade, consegui recentemente publicidade para minha rádio online”, disse ele. “Embora ainda tenha muito a refinar, principalmente gerenciando bem o modelo CANVAS e olhando outras opções de renda e sustentabilidade.”

Embora seu programa de rádio tenha começado originalmente com música, ele adicionou cobertura de notícias locais e nacionais em 2021.

“Minha ideia este ano é continuar atendendo ao público fiel que cresceu bastante (internacionalmente), com informações úteis e interessantes, músicas selecionadas 24 horas por dia e bons programas e produção”, disse Míguez Ríos. “E como não considero mais um hobby, bem, quero continuar investindo e fortalecendo a rádio, e torná-la sustentável! Estou mais encorajado e entusiasmado porque consegui os contatos e o apoio dos colegas que conheci neste curso.”

Boris Weimar Míguez Ríos

Boris Weimar Míguez Ríos, fundador do Radio Cabina365 (Foto: Cortesia)

Outros projetos de estudantes do MOOC incluíram empreendimentos jornalísticos individuais, sites com foco em ciência, tecnologia, negócios e inovação e muito mais.

Graças ao apoio de CLUA e GNI, os certificados de conclusão deste curso foram gratuitos.

Após a conclusão do curso, Alvarez disse que a equipe da SembraMedia estimula os alunos a pensar a sustentabilidade de forma abrangente.

“Tornar um meio de comunicação sustentável não é apenas obter os recursos necessários, mas também aprender a gerenciar (planejar estrategicamente) recursos humanos, talento, tecnologia e projetos”, disse ela.

Comece agora a sua jornada no jornalismo empreendedor e faça a versão autodirigida deste estimulante curso em espanhol ou português.

Assine nossos boletins

Inscrever-se