texas-moody

Blog

knight-center-journalism

Narrativas digitais para a próxima geração de jornalistas latinxs: novo curso online em inglês oferecido por Centro Knight e Microsoft

Nota editorial: O neologismo “Latinx” é usado especialmente no inglês dos Estados Unidos com o objetivo de evitar a definição binária de “Latino” ou “Latina”. Para efeitos deste artigo, e tendo em conta que o curso é ministrado em inglês, será utilizada a palavra "Latinx".

Quando o US Government Accountability Office [órgão equivalente ao Tribunal de Contas da União no Brasil] analisou a presença de trabalhadores hispânicos na indústria da mídia no país em 2021, a pedido do Congresso, encontrou resultados desanimadores.

Em 2019, os trabalhadores hispânicos representavam 12% do setor de mídia, em comparação com 18% em todos os outros setores. A porcentagem de trabalhadores hispânicos foi bastante estável de 2014 a 2019, oscilando em torno de 11 a 12%.

Além disso, os trabalhadores hispânicos detinham apenas 8% dos cargos profissionais no setor de mídia, de acordo com dados da EEOC [Comissão de Igualdade em Oportunidades de Emprego dos EUA] analisados ​​para o relatório.

Para melhorar a representação de contadores de histórias latinxs nas indústrias de mídia, o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas e a Microsoft estão se unindo para oferecer um curso online gratuito em inglês para estudantes universitários latinxs nos Estados Unidos.

O curso "Digital Storytelling for the Next Generation of Latinx Journalists"("Narrativas digitais para a próxima geração de jornalistas latinx")  dura quatro semanas, de 20 de junho a 17 de julho de 2022. Estudantes universitários que desejam se tornar jornalistas ou já estão trabalhando em meios estudantis estão convidados a se inscrever agora neste curso gratuito em inglês.

Digital Storytelling for Latinx Journalists banner

“Esta é uma oportunidade realmente única para estudantes universitários latinx se prepararem para uma carreira no setor de mídia, elevando suas habilidades de contar histórias”, disse a instrutora do curso Amara Aguilar, professora da USC Annenberg School for Communication and Journalism. “Alguns dos temas que abordaremos incluem o desenvolvimento de sua presença digital, usando o TikTok e as redes sociais para contar sua própria história, explorando novas ferramentas para elevar seu jornalismo. Também teremos uma sessão com um bate papo sobre desafios e conselhos, bem como uma visão do futuro para a próxima geração de jornalistas latinxs.”

Estudantes latinxs matriculados em uma faculdade ou universidade podem se inscrever no curso por meio de um formulário simples. Aqueles que forem admitidos serão notificados e receberão instruções sobre como se inscrever.

As quatro semanas serão divididas da seguinte forma:

  • O Módulo 1 analisa a criação de uma marca pessoal, explorando a identidade e analisando boas práticas em redes sociais
  • O Módulo 2 mostra como usar o TikTok e as redes sociais para contar histórias, incluindo a construção de uma narrativa forte e o acolhimento de sua própria história e cultura
  • O Módulo 3 fornece dicas e ferramentas para aprimorar o jornalismo, incluindo o uso do M365 e outras ferramentas gratuitas
  • O Módulo 4 foca na conversa entre de profissionais da área, analisando os desafios enfrentados por estudantes e jornalistas latinx, conselhos e recursos

Cada módulo será liderado por Aguilar, que ensina jornalismo para plataformas móveis/emergentes, narrativas em redes sociais para o público latinx, jornalismo visual, engajamento de comunidades diversas e muito mais na USC. Seu trabalho já foi publicado nos meios Los Angeles Times, CNN, Nieman Lab e outros, e ela já trabalhou como instrutora na AP, NFL e outros. Ela é coeditora do livro "Reporting on Latino/a/x Communities: A Guide for Journalists". Ela também co-fundou o meio bilíngue da Annenberg Media, Dímelo.

“Já estive no lugar dos estudantes. Eu era uma estudante latina na faculdade e estudei jornalismo, então estou ciente de algumas das experiências pelas quais eles podem passar, bem como alguns dos desafios que podem enfrentar”, disse Aguilar. “Este curso realmente fala sobre essas experiências.”

Por exemplo, ela disse que o Módulo 4 analisará desafios como síndrome do impostor e discriminação, oferecendo conselhos sobre como lidar com estas questões.

Aguilar ministrará o curso por meio de videoaulas, apresentações, leituras, fóruns de discussão e questionários, seguindo o modelo de ensino online do Centro Knight que na última década atingiu mais de 270 mil alunos de 200 países e territórios.

Ela também será acompanhada a cada semana por palestrantes convidados especiais, incluindo o repórter da Rolling Stone Tomás Mier, a editora de engajamento do público da Vox Gabby Fernandez e Cynthia Reynaud da Microsoft. O Módulo 4 apresentará um painel de discussão com Lorena Bouvedaire do The Huffington Post, Eric Resendiz do ABC7, Erick Galindo do KPCC e LAist e Astrid Kayembe do Report for America. Também haverá uma discussão sobre o futuro do jornalismo com Fernando Hurtado da NBC e Ashley Alvarado da KPCC e LAist.

“Tentei escolher pessoas com diversas origens e experiências”, disse Aguilar. “Eu queria que os alunos ouvissem jornalistas com diversas origens e perspectivas únicas. Também destaquei jornalistas que trabalham em várias plataformas e que estão relativamente no início de suas carreiras. Muitos estudantes podem se relacionar com essas experiências enquanto procuram entrar na indústria da mídia.”

Aqueles que completarem com sucesso os requisitos do curso receberão um certificado de participação no final do curso. Não há crédito formal de qualquer tipo associado ao certificado emitido pelo Centro Knight.

“Os contadores de histórias de amanhã precisam refletir as realidades de hoje. Acreditamos que a tecnologia tem o poder de aprimorar e transformar a narrativa, e queremos ajudar esta próxima geração de estudantes latinxs a ter acesso às informações e ferramentas que lhes permitirão desempenhar um papel integral no crescimento e no futuro da indústria de mídia”, disse Lisa Polloni, líder de comunicações globais para as Américas da Microsoft. “Estamos muito orgulhosos de fazer esta parceria com o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas neste empreendimento, dada sua vasta experiência no desenvolvimento de cursos que fornecem aos alunos as habilidades necessárias para ter sucesso neste campo em constante mudança.”

“Estamos muito empolgados com esta oportunidade de parceria com a Microsoft para oferecer este curso gratuito por vários motivos, incluindo o fato de ser o primeiro programa do Centro Knight desenvolvido especificamente para estudantes universitários que desejam se tornar jornalistas”, disse o professor Rosental Alves, fundador e diretor do Centro Knight. “E estamos mais empolgados porque este curso ajudará jovens latinxs com habilidades práticas que contribuirão para impulsionar suas carreiras na indústria da mídia.”

Este curso é assíncrono, o que significa que você pode concluir as atividades do curso em seu próprio tempo. Existem prazos recomendados para que você não fique para trás.

“Acho que este é um recurso incrível para estudantes latinxs. Eu gostaria que houvesse um recurso como este quando eu era estudante”, disse Aguilar. “Espero que os alunos possam tirar proveito disso, porque isso realmente elevará sua narrativa, fortalecerá seu jornalismo e falaremos muito sobre identidade e cultura, por isso mistura muitas questões realmente importantes para muitos estudantes latinxs.”

Candidate-se a esta grande oportunidade de aprendizado hoje. Você não apenas aprenderá com os melhores do setor, mas também terá a chance de explorar sua própria marca, identidade e formar conexões significativas com seus colegas.

Assine nossos boletins

Inscrever-se